Oftalmoscópio

 

O Oftalmoscópio é um equipamento médico utilizado para examinar o olho do paciente, mais especificamente o fundo do olho, a retina e outras estruturas internas, que pode mostrar alterações na região ocular ou até mesmo doenças sistêmicas que podem causar retinopatia.

Visite a Loja Enciclomédica

Oftalmoscopio Comp
Oftalmoscópio Completo 

Este instrumento é composto de um cabo, onde se coloca as baterias, e uma cabeça que possui uma lâmpada e um conjunto de espelhos que direcionam a luz para o olho do paciente. Essa luz refletida mostra a região do fundo do olho.

Partes do Oftalmoscópio

 

História do Oftalmoscópio:

 

Os primeiros relatos da tentativa de observação dos olhos foi em 1704, Méry colocou um gato imerso na água na tentativa de melhorar a visualização de suas pupilas.

Somente em 1847, o matemático Babbage conseguiu fabricar uma ferramenta para enxergar a parte posterior ao olho humano. Esta ferramenta ganhou vida nova com Hermann von Helmholtz, em 1850, que deu o nome de Augenstegel.

O termo "oftalmoscópio" surgiu somente em 1853, na Inglaterra.

No início, a construção deste equipamento se dava com uma simples placa de cristal plana que servia para iluminar o olho. Como a iluminação não era boa, Hermann sobrepôs três placas planas e banhou o posterior do equipamento em prata, porém a iluminação ainda não melhorou.

Em 1852, Reute criou um espelho côncavo com uma pequena abertura no centro. Nesta mesma época, Rekoss acrescentou duas lentes móveis, que permitia ao médico ajustar o foco para uma melhor visualização.

Em 1861, Giraud-Teulon criou um equipamento que permitia a análise ocular indiretamente através de um oftalmoscópio binocular. Este equipamento possuía uma lente convergente em sua extremidade que mostrava uma imagem invertida, pequena e virtual. Em 1863, Adams criou o oftalmoscópio monocular que com uma cinta era preso na cabeça do médico.

Somente anos depois o modelo de oftalmoscópio mais adequado possível como o atual foi criado.

 

O Oftalmoscópio:

 

Existem dois modos de visualização do fundo do olho. O direto e o indireto.

Direto - No modo direto, o médico utiliza um oftalmoscópio comum, com um sistema de lentes que propicia somente um ângulo de visão entre 10º e 12º. Esse modo fornece uma imagem direta, como o próprio nome diz.

oftalmoscopio uso

 

Indireto - No modo indireto, o médico utiliza um equipamento monocular ou binocular que é preso em sua cabeça, e com um jogo de lentes, diafragmas e condensadores, ele obtém uma imagem invertida, porém com uma área maior da região ocular.

Lentes

 

Equipamento Binocular

 

Com essas técnicas, o que pode se visualizar em um paciente é uma imagem como a da figura abaixo:

Fundo do olho

 

 

Dicas de Manutenção

Manutenção

Não liga a Lâmpada – Substitua a bateria. Substitua a lâmpada. Verifique os contatos da bateria para ver se não estão oxidados causando mau-contato.

Fabiano R. Pereira

Técnico em Eletrônica Industrial a 8 anos, e estudante de Engenharia Eletrônica na Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Desde a sua formação técnica atua como Técnico em Equipamentos e Instrumentos Médico-Hospitalares.

Comentários

Deixe uma resposta